Proteção anti plágio

31 de mar de 2011

Pedido de desculpas

Pessoal, vim aqui pedir desculpas por todo esse tempo sem postar, meus motivos são os seguintes:

Meu PC deu pau e agora estou usando o note da mãe, sendo assim, fica difícil entrar na internet e transcrever as poesias.
O CP ainda está sem equipe, temos apenas dois poetas( eu e o Roger )e um programador visual( um dos autores do blog Ossos Graúdos ).
Sem falar que a semana de provas está chegando.


É isso gente, muito obrigado pela compreensão dos que me entenderam, quem não entendeu pergunte que eu desenho pra explicar outra vez

16 de mar de 2011

Amor sem fim / apresentação do novo membro da equipe

Ae pessoal, finalmente consegui alguém para participar da equipe, a poesia a seguie é de autoria dele( sim, ele não tem conta no blogger ). Em todo caso, um brinde ao mais novo aturo do CP: Roger Aires Castañeras

Amor sem fim

Eu sonhei e esperei por seu amor
E o meu coração se acostumou
A sonhar com você
E de repente eu te encontrei

Eu vi no seu olhar
A paixão que eu sonhei pra mim

Quando te vi acreditei
Que o amor não era só um sonho meu
Eu acordei
E o mundo inteiro acendeu

Não para de brilhar
Eu encontrei meu grande amor 
Pode chover o céu cair
Que nada vai tirar
O que eu guardei dentro de mim

É só pensar em você
No amor que guia os nossos corações
Se o mundo te esconder
Por traz de muros e prisões
Te encontrarei meu grande amor

Só os tolos podem pensar
Que o amor se deixa enganar
Nada poderá mudar os rumos dele
Foi ele quem nos escolheu
não foi você, nem eu

Meu grande amor
Aconteceu, Estava escrito assim
Eu em você, você em mim.

9 de mar de 2011

Por você - comemorativo e com dedicatória

Gente, estou muito feliz, hoje fui dar uma olhada nas estatísticas e poxa, estamos sendo divulgados nos Estados Unidos e na Hungria( são poucas visitar mas mesmo assim ). Agradeço desde já ao Prof. Laerte Pedroso e à Ana Rita Pfuller que contribuíram para a divulgação do blog, obrigado de coração. Maas vamos direto ao assunto.


Essa poesia foi escrita há algumas semanas, eu estava apaixonado pela musa inspiradora da mesma, e amanhã, dia 10/03, é o aniversário dela, como prometido, escrevi uma poesia em homenagem a ti Pietra Nardi.

Por você

"Sem palavras" é a definição
É difícil escrever quando
Muito grande é a emoção.

Estou sem você aqui
E me machuca muiito saber
Que talvez nunca poderei satisfazer
a carência que bate dentro de ti

Mas que venha a distãncia
Que venha a falta de dinheiro

Não serão algumas milhas
Não serão algumas notas
Que me farão desistir
De um dia te encontrar

O dia que a tiver os meu braços
Não será como outro qualquer
Esse vai ser o dia que os segundos
Farão todo dia meu amor reacender.


Por você, contra tudo, eu me disponho a lutar...

5 de mar de 2011

Só mais um poema de amor

Pessoal, peço ajuda, e rápido, divulguem o blog para amigos e principalmente para outros poetas, está complicado postar com frequencia, portanto, vou passar a postar 2 vezes  por semana. 
Por favor, divulguem. 

tá aí o link para twitter

http://twixar.com/fASSI 


Só mais um poema de amor

"Demorei muito pra te encontrar
Agora eu quero só você
Teu jeito todo especial de ser
Eu fico louco com você.

Te abraço e sinto coisas
Que eu não sei dizer
Só sinto com você"

Me libertando do meu orgulho
Soltando as rédeas do subconsciente
No meu íntimo mais profundo eu mergulho
Buscando descrição pra essa paixão adolescente

Com todos dizendo que é impossível
Descrever esse sentimento que causa uma aflição,
um desejo e uma ansiedade muito visível

Eu apenas estou me tranquilizando
Acabando com a ansiedade que me afetava
Embora ela esteja aumentando

Eu não sei o que fazer, tentei escrever um soneto ajeitadinho, mas não é isso que eu sei fazer, só quero dizer que eu não sei como, não sei porque, só sei que tu simplesmente é tudo que eu procurava, palavras repitidas mas eu preciso expressar esses sentimentos de alguma forma se não eu acabo me contendo e fico me sentindo mal.

te amo


Não direi pra quem é essa poesia meio texto, mas creio que essa pessoa sabe que estou falando dela.

3 de mar de 2011

SEM TÍTULO, POR ENQUANTO

Opa pessoal, desculpa estar postando tão tarde a poesia de hoje, mas tive um dia muito cheio.

Esta poesia está com problema de título, quem tiver uma proposta, por favor, me mande por comentário, por msn, orkut, tanto faz, mas mande, também. Ficará na decisão do vencdedor, se a poesia será dedicada a alguém ou não.
 
SEM TÍTULO, POR ENQUANTO

vou lá, sonhar contigo.
e amanhã o farei de novo
pois quero te ter de novo

quero poder te beijar
quero poder te morder
quero poder te abraçar
quero poder fazer tudo isso outra vez

olhar pra ti e dizer te amo
olhar pra ti e ver um sorriso
olhar pra ti e receber um te amo
olhar pra vida e ver você comigo

enquanto não posso na realidade
faço isso nos sonhos
é chato enfrentar essa verdade

eu não quero que sinta-se
culpada pela minha situação
mas sabe que podes muda-la
apenas precisa abrir o coração

seja sincera consigo mesma
por favor não me esconda nada
não faça mal a si mesma
não tenha medo de nada

mais uma noite.
mais um sonho contigo.
mais um dia que penso.
que um dia estarei contigo.

eu não lhe farei mal
eu não lhe esconderei os meus segredo
eu lhe amarei
eu lhe lhe ajudarei com qualquer enredo.

1 de mar de 2011

Desabafo

Eu sou meu sonho, e meu sonho é:

Chamar aquela pessoa especial, e fugir do mundo, fugir desses problemas que o sistema põe em cima da gente
Por mim eu explodia esse planeta por mim mesmo, o planeta não,
mas acabava com toda raça humana.
já não aturo mais a quantidade de bosta que fazemos:



Nos alimentamos apenas porque achamos gostoso, nutrição morreu

Somos extremamente precoces, em relação a namoro e coisas do tipo, agora entendo porque antigamente tinha tanta restrição de idades

Seguimos religiões sem fundamento
Somos totalmente sem fundamento

Agimos como robôs todos os dias: acorda, aula, casa, almoço, computador, temas, TV, dormir, acorda, aula, casa, almoço, sair...

SENTIMOS PRAZER EM FAZER O MAL AOS OUTROS, rimos da desgraça, julgamos as pessoas pela aparencia, valorizamos alguem pelo rostinho e pelo corpo, por mais idiota, e fútil que o ser seja.

Ouvimos musicas mal feitas, ou ouvimos apenas porque ta na moda, ou porque está na rádio.
IDOLATRAMOS E DIZEMOS AMAR PESSOAS QUE NEM AO MENOS CONHECEMOS

Fazemos coisas ignorando todas as consequencias que isso pode ter para o meio ambiente, para os animais, para as outras pessoas.

Sinceramente, já não é a primeira vez que a morte me parece a melhor solução, mas não tenho coragem, além do fato de que sinto que minha missão aqui não está cumprida, sinto que todas essas minhas ideias devem ser expostas, e que o mundo ainda tem volta...