Proteção anti plágio

27 de fev de 2011

Raiva Amaldiçoada, escrita em 07/02/2011



 Oi pessoas, espero que estejam curtindo, caso não estejam por favor me digam o que há de ruim, e se estiverem, não esqueçam de seguir para sempre receber nossas atualizações e tudo mais.
A poesia a seguir é o resultado de passar de virada e ainda não ter um dia muito agradável


Raiva amaldiçoada


algo me mantem acordado
algo está me deixando irritado
será que passarei mais uma noite em claro?

parece que tudo me enraivece
mesmo que eu não queira
subitamente meu humor desce


olhos vermelhos e inchados
dentes meio cerrados
um olhar amaldiçoado
e afinal, quem está errado?

não me diga o que fazer
deixe-me agir por mim mesmo
tampouco diga como fazer
quero agir, errar e aprender eu mesmo.

mais um gole, mais uma dose
sigo a olhar para a maldita tela
vontade de xingar tudo que se pode

não faço idéia de qual seria
a solução pra isso tudo
tampuco sei como seria
se não existisse esse furo

Nenhum comentário:

Postar um comentário